Servente de pedreiro em Maceió, Papa-Capim, leva alegria e sorrisos por onde passa, mesmo com as dificuldades da vida e a dor de não ver a filha há 15 anos.

 

 

A alegria e o sorriso são marcas registradas do Cláudio, conhecido como Papa-Capim. E com o apoio da Sallo, no último domingo (17/09), a Hora do Faro contou a história do cara humilde que virou sucesso nas redes sociais. Servente de pedreiro, ganha um salário mínimo para sustentar os seis filhos e a esposa, que luta contra o câncer.

Sua esposa trabalhava com reciclagem, mas ficou impossibilitada quando os sintomas de uma grave doença começaram a surgir, deixando-a cerca de um ano sem conseguir sair da cama de tanta dor. Quando conseguiram finalmente chegar ao diagnóstico, com quase dois anos de sofrimento, a notícia veio como uma bomba, ela estava com câncer. Em meio ao desespero Cristina se viu sem saída e ateou fogo na própria casa para acabar com sua vida.

Rodrigo Faro conta que o sucesso do Papa-Capim é tão grande que ele foi chamado até pra fazer comercial na região, mas “ele fazia comercial e ganhava coxinha, ganhava cem conto, duzentos conto […] Papa-Capim precisa de dinheiro pra pagar os remédios e o tratamento da esposa, além de sustentar a casa”.

“Mas ai você vai perguntar ‘uai, mas o Papa-Capim não ficou famoso? Não tá ganhando dinheiro?’ não gente, ele não tá ganhando dinheiro não, quer dizer, tá ganhando, mas muito pouquinho, não dá pra ele fazer nada né. Ele ganha muito pouco perto do que precisa. O que ele recebe trabalhando como servente de pedreiro não dá pra sustentar nem a casa, quanto mais a esposa doente, que não pode trabalhar, e os seis filhos”, diz o apresentador.

Esse cara alto-astral têm oito filhos, dos quais seis moram com ele, sendo quatro apenas da esposa, mas que ele trata como filhos de sangue. Seu grande sonho é reencontrar uma de suas filhas que já não vê há 15 anos, e  que mesmo com todas as dificuldades, Papa-Capim nunca perdeu a esperança de abraça-la.

“Quero dar aquele abraço e dizer ‘ô filha dos meus sonhos, ô meu Jesus’”, diz Papa-Capim.

O comediante Tirullipa aproximou-se de Papa-Capim nas gravações de uma parodia em que o servente participou, e ao saber da historia de sua vida ficou admirado de que mesmo com todo o sofrimento e todas as batalhas enfrentadas, o homem conseguia estar sempre de bem com a vida e ser feliz com o pouco que tinha. Com isso, fez Rodrigo Faro ter conhecimento de Papa-Capim e juntos preparam grandes surpresas, uma delas o reencontro entre pai e filha.

“A história desse cara que não tira o sorriso do rosto, o Papa-Capim, é uma lição de vida. E mesmo enfrentando tudo isso, ele sempre leva alegria por onde passa, por isso a gente hoje resolveu ajudar esse cara tão especial”, afirma Rodrigo Faro.

Rodrigo Faro e sua equipe vão a Juazeiro do Norte em busca da filha desse homem, que não perdeu a vontade de viver e de se encantar com as coisas mais simples da vida, realizando seu grande sonho e promovendo o tão esperado reencontro. E para completar ainda mais a felicidade do Papa-Capim, Sallo, a marca do helicóptero o presenteou com roupas e acessórios.

 

Deixe um comentário